O Mar!
Cercando prendendo as nossas Ilhas!
Deixando o esmalte do seu salitre nas faces dos pescadores,
roncando nas areias das nossas praias, batendo a sua voz de encontro aos montes,
… deixando nos olhos dos que ficaram a nostalgia resignada de países distantes …
… Este convite de toda a hora que o Mar nos faz para a evasão!
Este desespero de querer partir e ter que ficar! …
— Poema do Mar, Jorge Barbosa

A família - Por António de Pina Tavares

A família é a união de pessoas, as mais próximas dos próximos que, em comum, têm objetivos bem definidos como tarefas de vida para o progresso de cada um e de todos.

Cada membro assume, em coordenação com os demais, as suas responsabilidades que têm afinidades comuns, e complementares, formando uma harmonia integral, cujos resultados conduzem ao benefício de todos, quando são cumpridas.

Os filhos são de todos os pais, como estes são de todos os filhos. No entanto, os que pertencem a uma família estão sob a responsabilidade direta dos pais como missão para ser bem cumprida.

Para isso, os pais, que desde a tenra idade acompanham os filhos, contribuem para que estes sejam bons cidadãos de amanhã e para sempre.

A família é um local fulcral para a formação e desenvolvimento do exercício de deveres e direitos na base da verdade, altruísmo, respeito e da compreensão mútua, entre outros sentimentos positivos.

Nela, o cultivo e o incentivo a bons hábitos e práticas na racionalidade e utilidade dos recursos e equipamentos disponíveis e postos à disposição são necessários.

Os animais, as plantas, os minérios e o ambiente, em geral, fazem parte da família e, por isso, precisam ser valorizados e respeitados sempre por ela, na medida em que têm funções específicas e importantes que complementam as da família.

Cada membro da família deve ser útil à sociedade, fazendo parte dela e com a qual deve estar em sintonia constantemente.

A família
Por António de Pina Tavares

Poderá gostar de conhecer: